COMUNICADO DO MIL: José Ramos-Horta para Presidente da CPLP

Uma semana após a realização da VII Cimeira da CPLP, e tendo entretanto lido com a devida atenção as diversas Declarações – [Declaração de Lisboa]; [Declaração de Apreço ao Secretário Executivo]; [Declaração de Apreço ao Secretário Executivo Adjunto]; [Declaração sobre a Língua Portuguesa] – e Resoluções – [Resolução sobre a Atribuição do Estatuto de Observador Associado à República do Senegal]; [Resolução sobre a Circulação de Bens Culturais]; [Resolução sobre o Conselho Empresarial da CPLP]; [Resolução sobre a Concessão do Estatuto de Observador Consultivo da CPLP]; [Resolução sobre o Empenhamento da CPLP no Combate ao VIH/SIDA]; [Resolução sobre o Endosso de Candidaturas de Estados Membros a Órgãos das Organizações Internacionais]; [Resolução sobre o Funcionamento Provisório dos Centros Regionais de Excelência]; [Resolução sobre o Instituto Internacional da Língua Portuguesa]; [Resolução sobre o Orçamento de Funcionamento do IILP para o Exercício de 2008]; [Resolução sobre o Orçamento de Funcionamento do Secretariado Executivo para o Exercício de 2008]; [Resolução sobre o Poder Local na CPLP]; [Resolução sobre o Reforço da Participação da Sociedade Civil na CPLP]; [Resolução sobre o Relatório da Auditoria Conjunta às Demonstrações Financeiras da CPLP no ano de 2007]; [Resolução sobre a Segurança Alimentar] –, o MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO congratula-se publicamente pelos resultados obtidos, esperando, porém, que se passe das palavras aos actos, nomeadamente no que respeita à dinamização do Instituto Internacional de Língua Portuguesa, instituição estratégica para a afirmação da Lusofonia.

Para que a CPLP ganhe uma maior projecção a nível internacional, o MIL considera, contudo, que se deve equacionar o aprofundamento do actual modelo de organização, propondo, a esse respeito, a criação do cargo de Presidente da CPLP, com um período de mandato a ser aprovado por todos os países membros e a ser exercido por uma personalidade de reconhecido prestígio internacional. Para primeiro Presidente da CPLP, o MIL sugere o nome de José Ramos-Horta, Nobel da Paz e actual Presidente de Timor-Leste.

MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO
Comissão Coordenadora

About these ads

Os comentários estão fechados.